Governo disponibiliza R$ 154 milhões para hospitais universitários

A previsão é de que, durante o ano, o HU-UFSC receba cerca de R$ 23,5 milhões

Por meio do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que é administrado pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh/MEC), foram disponibilizados R$ 154 milhões para estas unidades.

Segundo a Ebserh, R$ 103,8 milhões são voltados a custeio, ou seja, materiais utilizados no dia a dia dos hospitais como medicamentos, insumos médico-hospitalares e outros. Há ainda R$ 50,1 milhões destinados a investimentos, que incluem aquisição de equipamentos, obras de ampliação e outros.

Do total liberado pela Ebserh para os hospitais da rede, já foram destinados para o Hospital Universitário Professor Polydoro Ernani de São Thiago (HU-UFSC/Ebserh) neste ano, R$ 3,5 milhões para custeio e R$ 1,9 milhão para investimentos.

A previsão é de que, durante o ano, o HU-UFSC receba cerca de R$ 23,5 milhões – R$ 14 milhões para custeio e R$ 9,5 milhões para investimentos, sendo que já está priorizado no Plano de Objetivos do HU a previsão de aquisição de itens de investimento como aparelho de ultrassonografia, máquinas de hemodiálise, microscópico cirúrgico oftalmológico, desfibriladores, materiais/equipamentos para a criação de um laboratório de simulação para o ensino, equipamentos de informática, central de água gelada (climatização), mobiliários, bens de hotelaria, projetos e reformas, entre outros.

Leia na íntegra em: Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares

Compartilhar