Furb se antecipa ao MEC e prepara projeto jurídico da federalização

A expectativa dentro da Furb é que o MEC finalize em breve um relatório que terá maior foco na área acadêmica, segundo Pedro Machado, colunista do NSC Total

À espera do Ministério da Educação (MEC), a Furb começou a elaborar um projeto jurídico para a federalização da universidade. A ideia é que o documento tenha bases legais de como funcionaria a cessão de servidores e patrimônio à União, como ocorreria a transição dos alunos e de que modo ficaria a relação com o Issblu, o instituto de previdência social de Blumenau, já que a Furb é uma autarquia municipal. As informações são de Pedro Machado, colunista da NSC.

A reitora Márcia Sardá Espíndola diz que o objetivo é agilizar a discussão a partir do levantamento de subsídios que auxiliem o MEC na tomada de decisão. Esse projeto é algo que não foi feito em debates anteriores sobre o tema, acrescenta ela. Até mesmo o rascunho de um projeto de lei que pediria autorização da Câmara de Vereadores para a federalização está neste pacote.

A expectativa dentro da Furb é que o MEC finalize em breve um relatório que terá maior foco na área acadêmica – viabilidade e demanda de vagas e graduações da região, por exemplo. Duas semanas atrás, após sair de uma reunião com o ministério e o senador Jorginho Mello (PL), Márcia esbanjou otimismo, dizendo que a federalização nunca esteve tão perto de ser concretizada.

Leia a notícia completa: NSC Total

:::: Leia também:
Como fica a UFSC em Blumenau com a proposta de federalização da Furb?

Compartilhar