“O governo está sacrificando a pesquisa científica para favorecer modernização da frota”, afirma presidente da SBPC

Renato Janine Ribeiro participou do programa ‘Brasil com Ciência’, onde falou sobre a Medida Provisória 1.112/2022, que institui o Programa de Aumento da Produtividade da Frota Rodoviária no País

Em entrevista ao programa Brasil com Ciência, o presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Renato Janine Ribeiro, falou sobre a Medida Provisória 1.112/2022, que institui o Programa de Aumento da Produtividade da Frota Rodoviária no País.

Para Janine Ribeiro, essa MP ataca de forma drástica o financiamento da pesquisa científica e tecnológica do setor de óleo e gás. “Parte dos recursos que deveriam financiar projetos de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) irá, na verdade, para repor a frota de veículos de transporte, basicamente caminhões. Claro que quando há veículos velhos, eles podem poluir o ar, mas é preciso que haja algum tipo de estímulo para serem trocados, como, por exemplo, estímulo de impostos sobre eles. O errado é fazer isso com um dinheiro que pode fazer o Brasil avançar mais”, afirma.

A melhor opção, segundo Janine Ribeiro, é investir no desenvolvimento tecnológico, este sim o principal fator do crescimento econômico. “O governo está sacrificando a pesquisa científica para favorecer modernização da frota”, lamenta.

Veja a entrevista completa: Brasil com Ciência

Compartilhar