Proposta que cria mensalidade em universidade pública vai para a gaveta após pressão

Acordo entre oposição e governo também adia realização de audiências públicas que debateriam a mudança, informa a Folha de S. Paulo

Após acordo, a PEC (proposta de emenda à Constituição) que prevê cobrança de mensalidade em universidades públicas não será analisada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara neste ano, em meio à resistência, inclusive na base do governo, de votar o tema antes das eleições.

A PEC 206, de autoria do deputado General Peternelli (União-SP), entrou na semana passada na pauta da CCJ, principal comissão da Câmara e responsável pelo parecer sobre a admissibilidade de textos que alteram a Constituição.

A proposta, porém, foi retirada de pauta no colegiado porque o relator, deputado Kim Kataguiri (União Brasil-SP), estava de licença.

Durante a reunião na semana passada em que a PEC estava pautada, houve mobilização de estudantes contrários à proposta.

Leia a notícia completa: Folha de S. Paulo

Compartilhar