Com mudança no ICMS, municípios não terão dinheiro para garantir piso salarial de professores

Pesquisa da CNM mostra que reajuste de 33% para docentes, determinado por decreto federal, só foi aplicado em 27% de 2.277 cidades ouvidas, destaca o Globo

O reajuste de 33% no piso salarial dos professores anunciado pelo presidente Jair Bolsonaro, em janeiro, ainda não chegou em todo o país, e a mudança no ICMS pode deixar ainda mais difícil que esse aumento vire realidade.

Pesquisa da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) realizada no fim de abril mostra que o reajuste de 33% foi dado em apenas 27,5% das cidades consultadas. A pesquisa ouviu 2.777 municípios, o que representa 41% do total do país.

Além disso, a pesquisa mostra ainda que algum reajuste foi concedido por 77,6% dos municípios, mas em 47,1% dos casos foram adotados percentuais diferentes do definido pelo governo federal. Na época, 16,6% informaram que ainda não haviam dado o reajuste e 264 municípios (11,6%) estavam definindo o que fazer.

Leia na íntegra: O Globo

Compartilhar