UFSC vive momento de expectativa sobre nomeação da nova Reitoria

Em sessão do CUn nesta terça-feira, reitor Ubaldo Balthazar disse que não há informações atualizadas sobre situação do processo no MEC. Mesmo assim, a posse da nova gestão está pré-agendada para a próxima segunda-feira

O reitor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) Ubaldo Cesar Balthazar iniciou a sessão ordinária do Conselho Universitário (CUn) desta terça-feira, dia 28, falando sobre a expectativa sobre a nomeação, por parte do presidente Jair Bolsonaro (PL), da nova Reitoria da universidade. Ele afirmou que não há informações atualizadas vindas do Ministério da Educação (MEC) sobre o processo. Mesmo assim, a posse de Irineu Manoel de Souza como reitor e Joana Célia dos Passos como vice está pré-agendada para segunda-feira, dia 4, às 19h, no auditório Garapuvu.

“Fiz questão de fazer essa sessão presencial por ser a minha última. Pelo menos a tendência é que seja”, iniciou a sessão o reitor Ubaldo. “Não temos informação alguma da situação da lista tríplice. Na semana passada chegou no MEC a homologação, publicação do decreto e posse, prevista para semana que vem”, explicou.

Na sequência, Ubaldo falou de suas preocupações: “eu fico preocupado porque tanto no caso do Luiz Carlos Cancellier quanto no meu caso, e agora acontece na chapa do Irineu e da Joana, o MEC não se preocupa muito com os detalhes formais que envolvem a transmissão do cargo, e a gente corre o risco de ficar acéfalo”.

Ubaldo complementou que espera que a nomeação ocorra dentro do previsto: “O que a gente quer evitar é o cenário de insegurança que gera angústia em muita gente. Nós temos uma chapa eleita, que está organizando sua equipe pra começar no ponto certo, porque nosso mandato vai até dia 4 de julho. Em princípio, no dia 5, já deveria ser o Irineu o reitor. Enfim, nós estamos aguardando”.

Assista à sessão do CUn na íntegra:

Stefani Ceolla
Imprensa Apufsc

Compartilhar