Cortes no orçamento de instituições federais em SC chegam a quase R$ 20 milhões

Na UFSC, os cortes somam R$ 12,6 milhões, e a UFFS perdeu R$ 1,9 milhão. No IFSC o corte é R$ 2,7 milhões, e no IFC, R$ 2,2 milhões. Os dados foram levantados pelo NSC Total

Quatro instituições federais de Santa Catarina serão diretamente impactadas pelo corte de verbas que foi divulgado pelo Ministério da Economia no último dia 23 de junho. Os valores estão no Diário Oficial da União e, em Santa Catarina, correspondem ao Instituto Federal Catarinense (IFC), ao Instiuto Federal de Santa Catarina (IFSC), à Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e à Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS). 

De acordo com a portaria do governo federal, o Ministério da Economia abriu o Orçamento Fiscal da União para atender a indenizações e restituições relativas ao Programa de Garantia da Atividade Agropecuária (Proagro).  

A portaria detalha os valores que serão cancelados de cada instituição. Na Universidade Federal de Santa Catarina, o corte, divulgado no dia último dia 23, é de R$ 6,2 milhões. Segundo a instituição, os cortes recentes já alcançaram R$ 12,6 milhões e foram aplicados sobre as verbas de custeio, destinadas ao pagamento de despesas como água, luz e serviços terceirizados de vigilância, limpeza e manutenção.

No Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), o corte divulgado foi de R$ 2,7 milhões, já no Instituto Federal Catarinense (IFC), o valor cancelado foi de R$ 2,2 milhões e na Universidade Federal Fronteira Sul, em Chapecó, o corte foi de R$ 1,9 milhões. 

Leia mais: NSC Total

Compartilhar