Apufsc Solidária realiza entrega de equipamentos para projeto de webrádio comunitária

O projeto, que é orientado por professores e conta também com professoras do Departamento de Jornalismo da UFSC, será realizado no bairro Monte Cristo em parceria com o IVG

Em mais uma ação do projeto Apufsc Solidária, nesta quinta-feira, dia 4, o presidente do sindicato, Carlos Alberto Marques, fez a entrega de equipamentos para a criação de uma webrádio comunitária no Centro de Educação Popular (Cedep), localizado no bairro Monte Cristo, em Florianópolis. A organização faz parte da Rede Instituto Padre Vilson Groh (Rede IVG), com quem a Apufsc-Sindical assinou um termo de cooperação, que prevê ainda o subsídio de uma bolsa-auxílio de estágio para o projeto. O padre Vilson, por problemas familiares, não pôde estar presente durante a entrega.

Dentre os equipamentos, foram doados um computador, dois monitores, dois microfones, dois fones de ouvido, uma mesa de som e outras ferramentas necessárias para a execução do programa de rádio, como previa o documento do projeto. A Apufsc também oferecerá conteúdos e informações jornalísticas, via o setor de imprensa do sindicato. Para o presidente da Apufsc, essa iniciativa permite que os alunos “elaborem e divulguem boa informação, produzida pela própria comunidade, além de aproximar a universidade da comunidade externa”.

A construção da webrádio será orientada pela professora Melina Ayres, do Departamento de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), como um projeto da disciplina de Jornalismo Comunitário. “Os alunos dessa disciplina são preparados para compartilhar os conhecimentos que obtiveram durante o curso com a população de fora do campus”, explica a professora. 

As operações da rádio iniciarão durante o próximo semestre letivo (Foto: Erick Souza/Apufsc)

Segundo Melina, o objetivo é capacitar jovens da comunidade para passar adiante todos os aprendizados adquiridos durante o semestre de realização do projeto, assim como é feito com os estudantes de jornalismo. Esses jovens são chamados de multiplicadores e serão eles os responsáveis por incentivar, na própria comunidade, o desenvolvimento da autonomia sobre as maneiras de criar comunicação. 

“Os alunos se tornam protagonistas da própria produção”, complementa Rafael Cézar, coordenador administrativo do Cedep. Na ocasião, também estavam presentes a presidente do Cedep, Maria Argentina Bastos Schlemper; a coordenadora pedagógica, Noemi Alves; e o coordenador financeiro, Fabiano Duarte. Nos anos anteriores, Rafael trabalhou com os adolescentes do Cedep na produção de curtas e artes digitais. “Alguns de nossos adolescentes são bem adaptados a esse universo e já têm uma presença marcante na internet”, completa.  

Hoje, o Cedep tem cerca de 220 alunos até os 14 anos, e mais 20 monitores adolescentes. “Nosso trabalho aqui no Cedep procura integrar a família”, acrescenta a presidente Maria. Com a criação da webrádio, os jovens poderão aprender os princípios básicos da produção de informação e aplicar isso na própria realidade, dentro do seu bairro, com a família, amigos e vizinhos.

O Centro de Educação completa, neste ano, 35 anos. Construída a partir da iniciativa do padre Vilson Groh, a organização continua crescendo a partir de doações de entidades e editais de financiamento.

O Cedep está localizado na região continental de Florianópolis, no bairro
Monte Cristo (Foto: Erick Souza/Apufsc)

O projeto Apufsc Solidária tem realizado doações a instituições e projetos sociais desde o início da pandemia. De lá até aqui, o projeto já foi responsável pela arrecadação e distribuição de alimentos, roupas e doação de materiais em Florianópolis, Araranguá e Blumenau.

Erick Souza
Imprensa Apufsc

Compartilhar