Apufsc participa de protesto pela vacinação e contra a reforma administrativa em Araranguá

Mobilização aconteceu no ultimo domingo (21) e contou com a participação de diversas entidades

Em paralelo com diversas mobilizações nacionais, no domingo (21) representantes de diversas entidades sindicais participaram da Carreata pela Vida em Araranguá. O objetivo é reivindicar uma política imediata de vacinação de toda a população brasileira contra o novo coronavírus, e barrar a aprovação da reforma admistrativa.

Além disso, a mobilização defende a retomada do auxílio emergencial, a defesa dos direitos dos servidores públicos e a proteção dos profissionais da educação com a volta das aulas presenciais.

A mobilização contou com o apoio da Apufsc-Sindical, em conjunto com o Sinte (Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Santa Catarina), Sinasefe (Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica), Sindireceita (Sindicato dos Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil, Sindicato dos bancários, Sintespe ( Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Estadual de Santa Catarina), Sindma (Sindicato dos Servidores Municipais de Araranguá), partidos políticos, e outros movimentos sociais da região.

Com a participação de mais de 50 veículos, o ato teve início às 9:30 da manhã, na Avenida XV de novembro e percorreu 20 km até a Praça Hercílio Luz, no centro da cidade, onde o trajeto se encerrou por volta das 12 horas. 

O professor Bernardo Borges, do Centro de Ciências, Tecnologias e Saúde (CTS) do campus de Araranguá, esteve presente na passeata e ressalta que a adesão foi positiva. Segundo ele, outras mobilizações devem ser realizadas. “Criou-se um núcleo dessas entidades aqui na cidade e que promete ser a primeira mobilização de várias com outras pautas que vão surgir e a Apufsc vai entrar com as pautas que sejam sensíveis aos filiados. Como reforma administrativa e a urgência da vacinação para o retorno da normalidade.”

Compartilhar