Frente Parlamentar da Educação propõe alternativas para realizar Saeb 2021

Ministério da Educação (MEC) tem a intenção de suspender a edição deste ano em função da Covid-19 e da falta de verba; Frente quer frear o cancelamento da avaliação, aponta Correio Braziliense

A Frente Parlamentar Mista da Educação (FPME) enviou, esta semana, carta ao ministro da Educação, Milton Ribeiro. O documento encaminhado é uma reação a intenção do Ministério da Educação (MEC) em suspender a edição deste ano do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb).

Por meio da carta enviada ao MEC, a FPME propôs alternativas para que o Ministério mantenha a realização do Saeb 2021. O documento foi assinado pelos deputados Adriana Ventura (NOVO-SP), Eduardo Bismarck (PDT-CE) – que são coordenadores de avaliações – com validação do presidente da frente parlamentar, o prof. Israel Batista (PV-DF).

“Ao passo que compreendemos as dificuldades impostas pela pandemia para a realização de avaliações a nível nacional, nós não podemos cruzar os braços e simplesmente adiar uma avaliação que serve para o diagnóstico da nossa educação e para a formulação das políticas públicas”, defende o deputado Eduardo Bismarck.

Leia na íntegra: Correio Braziliense

Compartilhar