Confira os encaminhamentos propostos na Assembleia Geral Extraordinária da Apufsc

Reunião discutiu campanha salarial e condições de trabalho

A Apufsc-Sindical realizou nesta quinta-feira, dia 28, uma Assembleia Geral Extraordinária para discutir campanha salarial, condições de trabalho da categoria e assuntos gerais. Foi a primeira reunião presencial desde o início da pandemia e aconteceu no Auditório Henrique Fontes, no Centro de Comunicação e Expressão (CCE) da UFSC. Por falta de quórum, a AGE não foi deliberativa.

A AGE foi dividida em três etapas para discutir os três tópicos da pauta. Em cada momento, houve exposição da mesa e fala dos professores inscritos. O presidente da Apufsc, professor Bebeto Marques, apresentou informações sobre as perdas salariais dos professores e explicou a mobilização nacional sobre reajuste salarial. Depois, fez uma apresentação sobre as condições de trabalho dos professores. Em ambos os momentos, os filiados e filiadas discutiram estratégias de mobilização pela valorização do serviço público e da educação pública.

Confira os encaminhamentos e sugestões propostos pelos docentes:

  1. Realizar visitas nas Reuniões de Departamentos para expor a nossa situação salarial e buscar fazer levantamento das condições de trabalhos dos docentes (envolver os representantes do CR e compor Comissão para auxiliar Diretoria);
  2. Realizar, junto aos Chefes de Departamento e outros, um dossiê sobre as condições de trabalho docente e funcionamento geral da UFSC e encaminhar à reitoria;
  3. Realizar campanha de comunicação social sobre a Qualidade Acadêmica e Científica da UFSC e a necessidade de que seus profissionais sejam bem remunerados;
  4. Ampliar a divulgação sobre a campanha salarial em todos os campi da UFSC;
  5. Organizar fóruns de discussão sobre salário e carreira docente;
  6. Participar das atividades e ações previstas no Calendário Nacional de Mobilização das entidades do Serviço Público e das Entidades Sindicais Nacionais dos docentes universitários;
  7. Realizar uma campanha de filiação na Apufsc, especialmente dirigida aos docentes mais jovens na carreira;
  8. Buscar ampliar a representação dos filiados no CR, a partir dos seus departamentos de ensino;
  9. Atuar, junto às entidades nacionais do serviço público, Andifes e parlamentares, para a definição do Orçamento de 2023 especialmente para garantir verbas às universidades, à Ciência e para garantir a reposição salarial. 

Por fim, a Assembleia também aprovou manifestação de repúdio às ações, vindas de quem quer que seja, que não respeitem o resultado da Consulta Informal para eleição da reitoria da UFSC.

Imprensa Apufsc

Compartilhar