Confira a deliberação do CR sobre a situação das universidades, da ciência e sobre as manifestações de 19 de junho

O Conselho de Representantes, reunido no dia 17 de junho, analisando a situação do país diante das ações e omissões do governo federal na pandemia e de suas políticas de desfinanciamento e ataque às universidades federais e à ciência brasileira, defende:

  1. Que sejam apurados os eventuais crimes de responsabilidade dos agentes públicos, em especial do Presidente da República. Nesse sentido, é um dever das instituições, a exemplo do STF e do Congresso Nacional, apurar os fatos. Entendemos que a CPI é o instrumento adequado.
  2. Que, como sindicato, temos o entendimento de que não podemos ficar omissos diante do desmonte das Universidades e da Ciência, de modo que somos, portanto, impelidos a ir às ruas e lutar.
  3. Compreende que, mesmo com a pluralidade de vozes e de slogans, devemos nos juntar às mobilizações das entidades sindicais, forças sociais e políticas, indo às ruas defender a democracia, as instituições republicanas e o estado democrático de direito.

De modo que, conclamamos todos os professores e professoras, filiados ou não à Apufsc, para que se façam presentes nas manifestações do dia 19 de junho, para lutar contra os descalabros e barbaridades do governo federal, em especial quanto à tragédia humanitária da pandemia; para defender o serviço e as instituições públicas dizendo não à Reforma Administrativa (PEC 32/2020); para lutar contra a fome, pelo direito ao trabalho e pelo direito à vida (vacinação já). 

Compartilhar