Servidores públicos federais aprovam novo calendário e alteram data para indicativo de greve

Para 30 de março está previsto o indicativo de deflagração de greve por tempo indeterminado

Os servidores públicos federais têm um novo calendário de mobilização pela recomposição salarial emergencial de 19,99%. A agenda de atividades, aprovada em reunião do Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe) realizada na quinta-feira, dia 17, propõe quatro novas datas de mobilização e altera o dia de indicativo de greve para 30 de março.

O primeiro ato foi a manifestação realizada nesta sexta-feira, dia 18, em frente ao Ministério da Economia, em Brasília, para marcar um mês sem negociação por parte do governo federal, que ainda não deu respostas sobre as reivindicações do funcionalismo público protocoladas em 18 de janeiro.

Em seguida, os servidores terão outras quatro datas para mobilização. São elas:

23 de fevereiro: Plenária Virtual, às 18 horas
8 de março: Dia Internacional de Luta das Mulheres
16 de março: Dia Nacional de Greve – ultimato dos servidores ao Governo Federal
30 de março: Indicativo de Deflagração de Greve por tempo indeterminado

Compartilhar