Deputado de SC e relator da proposta da reforma administrativa na CCJ fala sobre pontos da PEC 32

Reforma vem para promover economia para o Estado pagar o salário dos atuais servidores, diz deputado

O deputado federal Darci de Matos (PSD-SC) participou nesta terça-feira (7) do programa Conexão ND, da emissora ND+. Entre os diversos assuntos abordados, Darci falou sobre os pontos da reforma administrativa, da qual foi relator na Comissão de Constituição e Justiça.

Durante a entrevista, o deputado afirmou que todos foram incluídos na reforma administrativa, desde um servidor maior até o menor. Com exceção do Judiciário, porque segundo ele a Constituição não dá essa prerrogativa à Câmara dos Deputados. Darci de Matos esqueceu de mencionar que os militares também foram poupados.

O deputado ainda comentou que essas mudanças ocorrem de maneira lenta e que boa parte da oposição e da imprensa “batem muito”. À frente da relatoria da reforma na CCJ e membro da Comissão Especial da PEC, ele afirma ter uma difícil missão em “quebrar paradigmas, cortar benefícios e direitos”. Ainda assim, para Darci, Arthur Maia apresentou um relatório mais leve do que eles imaginavam.

Sobre os atuais servidores, o deputado diz que a reforma não mexe em nenhum direito deles. “Não sei por que ainda tem sindicatos que ficam criticando, reclamando. Essa reforma vem para promover uma economia para o Estado pagar o salário dos atuais servidores”.

Por fim, ele também afirmou que há uma porcentagem de servidores públicos que não fazem nada e que continuam sendo promovidos e ganhando. O que segundo ele não é justo, por isso a avaliação de desempenho.

Confira a entrevista na íntegra: ND+

Compartilhar